Clara Nunes na passarela

Fábio Bartz abriu os desfiles do dia 17 com inspiração em Clara Nunes, cantora brasileira que foi considerada uma das maiores intérpretes nacionais.

A intenção do estilista era pensar em como seria Clara na realidade atual, a abertura ficou por conta de sua voz marcante entoando “Guerreira”.

“Se vocês querem saber quem eu sou
Eu sou a tal mineira
Filha de Angola, de Ketu e Nagô
Não sou de brincadeira
Canto pelos sete cantos
Não temo quebrantos
Porque eu sou guerreira
Dentro do samba eu nasci,
Me criei, me converti
E ninguém vai tombar a minha bandeira”

 

 

 

 

As cores eram claras e leves, aplicações sobre os tecidos foram uma marca dessa coleção Verão.

Os bordados eram manuais, os tons de cores variavam de rosas, nude, verdes e muito branco.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As rendas estavam por toda parte, nas barras de saias, blusas, por baixo das transparências…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A estampa digital tinha como tema conchas, assim como a maioria dos acessórios.



Os comprimentos variaram,vestidos curtos como o acima, como também até os pés.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se vocês querem saber quem é Clara Nunes, um bom começo é conhecendo essa coleção.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s